Kokoro Studio Lab!

Com muito orgulho, a gente apresenta o Kokoro Studio Lab! Segundo o Gabriel, este é um “espaço para divulgar experimentos, protótipos, idéias e discussões sobre nossos projetos!”.

Para inaugurar esse laboratório, onde experimentamos e desenvolvemos as coisas para o Kokoro Studio, temos o post sobre o processo de criação do jogo do Artur (que eu gosto de chamar de Arturzinho).

Para acessar esse novo espaço sempre que quiser, basta clicar “Kokoro Lab” em nosso Menu na página do site e você poderá ver as coisas novas que andam sendo processadas!

Aqui o nosso novo Menu:

Agora, o Kokoro Lab está no nosso Menu Principal!

 

Olha o Arturzinho aí! Clica nele para ver o post e o vídeo. Vale a pena! 😉

Processo de criação e animação do nosso amigo Arturzinho.

 

Na exposição de arte

Olá, pessoal!
Uma notícia rápida sobre a metade mais japonesa do Kokoro Studio, a Bia!

Observando o dia da montagem da exposição na galeria Antonio Berni, no Edifício Argentina, na Praia de Botafogo, no Rio de Janeiro.

Estou participando de uma exposição coletiva com artistas no Rio de Janeiro. A vernissage foi no dia13 de novembro de 2017 e a exposição fica à mostra até o dia 23 do mesmo mês.  Aqui tem mais detalhes

Os dois trabalhos que estão lá são impressos em alta qualidade, de aquarelas minhas. Uma é do Louie, o pequeno menino ruivo que viaja com seu cobertor de patchwork – texto do inglês Michael Youngman – e a outra, foi uma imagem feita depois do Gustavo, do estúdio Belas Artes, me propor um desenho com um Foo dog!

Os quadros na parede!

Compartilhamos com você, as novidades que andam nos acompanhando!

 

 

Escola Municipal Lions e Kokoro!

 

Na oficina criativa que oferecemos na Bienal de Volta Redonda, conhecemos alunos da Escola Municipal Lions. Deixamos materiais do Kokoro Studio para eles usarem em sala de aula, que incluíam desenhos de nossos personagens e cenários para serem customizados.

Depois de algumas semanas, recebemos o contato da professora Luciane Romulo que nos contou como as crianças tinham gostado do material e como utilizavam em sala de aula. Com certeza, nós ficamos muito contentes com esse feeback.

Foto enviada pela professora Luciane com os alunos montando os brinquedos de papel!

Dentro da proposta de desenho e criatividade, havia a ideia de que os próprios alunos inventassem suas histórias . Abaixo podemos ver algumas redações escritas por esses jovens estudantes e suas ilustrações.

Em um dos trechos é possível ler “Em uma manhã de sol, João Miguel saiu de casa e Kate Marrone perguntou: ‘Aonde você vai João?’. 
– Vou para a árvore, Kate. Você quer ir também?”.

 

Muito bonito de ver a vida dos personagens ganhando cores e formas nas mãos das crianças. Que possam sempre imaginar novas histórias e possibilidades.

Fica aqui nosso imenso agradecimento à professora Luciane, assim como para a escola e outros profissionais que ajudaram nesse caminho criativo!

Esperamos nos encontrar em breve!